FANDOM


Maravilhas
MultiversalEp2
Informações Gerais
Série DC: Multiversal
Temporada
Arco Apresentação
Número do Episódio 2
Sequência
Episódio Anterior Um: Legados
Episódio Seguinte Três: Dominação
Créditos
Escrito por Usuário: The Black Soldier
 Maravilhas é o segundo episódio de DC: Multiversal. Abrange a Terra-Dois. 

HistóriaEditar

Noite, 2 de Janeiro de 2017Editar

​Caverna​Editar

Em uma caverna, lotada de escuridão, embaixo de uma velha mansão gigante, estavam homens armados. O líder deles, que não usava qualquer tipo de roupa que o destacava como líder, somente um distintivo muito menor que sua arma, dava suas ordens. "Procurem-na, ela só pode estar aqui", diria ele. 

Eles encontraram. Bem, não o que procuravam. Eles encontraram algo em uma forma cúbica, brilhante. Soava como um "Ping", repetidas vezes. Quando um dos homens a toca, ela começa a brilhar e, em um piscar de olhos, um portal extradimensional se abre, surpreendendo cada um dos homens ali, que se achavam protegidos por utilizar uma arma. 

A criatura que havia surgido amedronta os homens. Era uma criatura verde musgo, com um rosto decomposto, utilizando uma armadura, também verde. Com sua arma gigantesca, ela começa a atirar nos homens. "É um batedor! É um batedor!", o líder grita. 

Depois, saíram muitas mais daqueles chamados batedores. E no fim, outra criatura surgiu, essa usando uma armadura prateada, com um capacete cheio de chifres, sua aparência igual a de um humano por baixo da armadura. Este era o mais perigoso. Era o Lobo da Estepe. 

Ele se aproxima do líder. "Onde está a lança?!", ele grita enquanto o sufoca. O líder nada diz, pois o que ele procurava, ainda não havia achado. Ele procurava o que o Lobo procurava, mas por interesses diferentes, ele pensa. O Lobo esmaga sua cabeça com suas mãos. Ele se vira para os batedores. 

"Procurem a Lança do Destino. Por Darkseid." 

Dia, 3 de Janeiro de 2017Editar

Casa de Jay GarrickEditar

Um garoto, 19 anos, de cabelos castanhos e olhos azuis se arruma no espelho, passando gel em seus cabelos. "Jay Peter Garrick, venha almoçar logo!", grita uma mulher, a sua mãe. 

O chamado Jay estaria usando uma flanela vermelha, com uma calça jeans e um cinto preto. Também usando um tênis verde com detalhes de raio. Ele entra em seu quarto, olhando um capacete cinza e seu uniforme no guarda-roupa. 

Ele é um dos heróis dessa geração. Ele se chama de Flash. "Jason, venha agora!" grita sua mãe. "Eu vou sair com a Joan, mãe! Eu avisei ontem!", grita ele de volta. Ele sai de seu quarto após pegar seu celular, trancando-o. 

Ele dá um beijo na bochecha de sua mãe, se despedindo. Ele entra em seu carro e sai de casa. 

Trem, Gotham CityEditar

Um garoto loiro de 20 anos, trajando uma camisa verde com um colete preto e uma calça jeans preta, entra em um trem. Ele se senta ao lado de uma mulher idosa. "Oi", diz ele. Ela ignora. "Sabe, eu tenho uma entrevista de emprego hoje. Espero passar." Ela o ignora novamente.

"Passageiros, estamos tendo devidas turbulências no Trem", uma voz diz, em um auto-falante. Em seguida, tiros são ouvidos e uma risada. "Olá, passageiros. Eu estou aqui para ajudar vocês. Talvez não me conheçam. Gold, podem me chamar de Gold. Eu estou com planos bombásticos pra vocês."

Minas começam a explodir, deixando os passageiros do trem aterrorizados. Um vagão explode, matando as pessoas nele. O jovem loiro se levanta e salta do trem, sobrevivendo graças ao seu anel verde, que o protege. O anel lhe dá um uniforme verde e branco, e uma máscara verde para preservar sua identidade. 

As pessoas no trem começam a gritar, e até eles, vai o chamado Gold, um homem mascarado usando uma roupa toda cinza. "Calem a boca todos vocês! Eu quero o dinheiro! Se não me derem o dinheiro, eu explodo esse vagão!" grita ele, com uma arma na mão. 

Uma mão verde gigante aparece quebrando as portas, e assim, o jovem de uniforme verde e branco aparece. Uma criança reconhece, falando ao pai que ele era o Lanterna Verde, o protetor de Gotham City. 

O Lanterna Verde se aproxima do criminoso. "Cyrus Gold. Achei que estivesse preso em Iron Heights. Central City é bem longe daqui.", diz o Lanterna. Cyrus grita a ele palavras de ameaça, que ele não consegue entender. 

O herói rapidamente usa seu anel para pegar o detonador, destruindo-o somente com suas mãos. Ele desmaia Cyrus com um soco. 

Casa BrancaEditar

Dois heróis reconhecidos pelo governo estão reunidos ali, encontrando o presidente, um homem de cabelos brancos, utilizando um terno. Um dos heróis utiliza uma máscara dourada e uma roupa azul, com uma capa também de cor dourada, e utilizando um amuleto. 

O outro herói usa uma máscara de gavião e tem asas, sem camisa e uma calça verde, com um sapato vermelho, e segurando uma clava. O presidente os chama, em ordem, de "Senhor Destino e Gavião Negro". Ele diz a eles que, em uma missão para achar a Lança do Destino, algo apareceu no radar. Ele diz que mandou uma equipe para vasculhar, mas eles ainda não voltaram. 

O Gavião Negro pergunta o que seria a Lança do Destino, e o Senhor Destino explica que foi a lança usada para perfurar Jesus, que tem um poder celestial e era o que Hitler iria usar para vencer a guerra, mas ele não a encontrou. O presidente diz que eles tem uma breve gravação sobre o que aconteceu. 

Ele mostra a eles, que é só uma tela riscada, mas com áudio intacto. Quando ouve as palavras "Por Darkseid", o Senhor Destino fica perplexo. Ele diz ao presidente que o mundo deles está em perigo. 

Noite, 3 de Janeiro de 2017Editar

Porto, Calvin CityEditar

Homens descarregam caixas vindas de barcos roubados. O líder, Gorila Gus, diz a eles para irem mais rápidos, pois os Homens Mistério podem chegar a qualquer momento. Uma criança, ali presa e acorrentada a uma cadeira, grita por socorro, em vão, com sua boca coberta por fitas. 

O líder da gangue escuta um barulho vindo de um armazém ali perto. Junto de seu guarda, ele vai checar, armado. Ele não encontra nada, somente um lugar lotado de mobília quase destruída. De um momento para outro, um homem, usando um uniforme vermelho, uma calça preta, uma bota marrom, uma capa verde e uma máscara preta com um símbolo de lua minguante aparece. 

O homem atinge o pescoço de Gorila Gus, colocando seu Pomo de Adão para dentro, deixando-o sem respirar. O outro criminoso mira a arma no homem, o Doutor Meia-Noite. Outro herói aparece, utilizando um uniforme preto, uma calça amarela, um cinto vermelho uma capa amarela que se conecta a máscara, que também é dessa cor. Ele utiliza um símbolo de relógio de areia no peito. 

Esse herói, o Homem da Hora, pega o criminoso por trás e aplica um mata-leão nele, desmaiando-o. "Rex, estava demorando", diz o Doutor Meia-Noite ao seu parceiro. "Desculpa aí, Charles, o meu tempo já tá quase acabando", ele responde. Meia-Noite diz para ele se apressar, então. 

Saindo do armazém, os heróis se encontram cercados pelos criminosos, que apontam as armas contra eles. Com um assobio, Meia-Noite chama um exército de corujas, que atacam os criminosos e fazem o Homem da Hora começar a rir. Eles atacam os criminosos, desmaiando cada um deles, e logo depois libertam a criança, que sai correndo. 

Gorila Gus aparece ali mais uma vez, atirando no Doutor Meia-Noite, que consegue desviar por alguns instantes. O Homem da Hora avança, jogando o criminoso longe com sua força. Os heróis se aproximam do criminoso, que grita, amedrontado, olhando para o céu. Os heróis olham para trás, vendo dois batedores aparecerem ali. Um dos batedores sai voando arrancando a cabeça de Gorila Gus, e o Homem da Hora consegue alcançá-lo e segurá-lo, voando com ele. 

Enquanto isso, Doutor Meia-Noite confronta o batedor que tenta atingi-lo. Meia-Noite o joga longe com uma voadora, pegando sua arma e o desintegrando com ela. Homem da Hora assume o controle do batedor, redirecionando-o para o local onde está seu parceiro. 

Chegando lá, ele desmaia o batedor com sua força, mas acaba desmaiando junto. "Uma hora se passou...", diz o herói restante. Ele se vira para o batedor. "O que diabos é isso?", ele pergunta.

Dia, 4 de Janeiro de 2017Editar

Keystone CityEditar

Um assalto no banco central acontece. Os criminosos, todos mascarados como Donald Trump, roubam todo o dinheiro enquanto ameaçam as pessoas ali dentro. Em menos de um segundo, suas armas desaparecem e eles aparecem amarrados no chão, sem máscaras. O Flash aparece, com seu rosto vibrando para não revelar sua identidade. 

"Aí, caras, da próxima tentem ser mais rápidos. É sério", ele pisca para os criminosos. "Nossa, isso não era pra ser intencional. Mas foi uma boa jogada de palavras".

Ouvindo as sirenes da polícia, o garoto de uniforme vermelho e usando um capacete igual ao capacete do Deus Hermes desaparece. Novamente, menos que um segundo. 

Jay aparece em seu quarto, em sua casa. Ele liga sua televisão, e vê as notícias do ataque da noite anterior em Calvin City. Em um milésimo de segundo, Jay olha para a televisão e vê uma breve aparição de hm batedor. 

"É um daqueles que me atacou no restaurante", pensa ele. "Se esses heróis já confrontaram ele, eu preciso de mais informações, o que diabos é isso?". 

Casa de Alan ScottEditar

O garoto loiro, Lanterna Verde, também se chama Alan Scott. Alan observa a prisão de Cyrus Gold mais uma vez na televisão, quando um portal aparece em sua sala, assustando-o. Do portal, sai Senhor Destino. 

"Pelo amor de Deus, Kent, me liga antes de fazer Isso", diz Alan. "Scott, eu não estou aqui para uma visita. Você precisa vir comigo. Eu precisarei do poder do Lanterna Verde", responde o homem mascarado. 

Alan hesita, mas em seguida faz a pergunta. "Por quê?". "Porque o nosso mundo corre perigo, e você é o Guardião dele", ele ganha isso como resposta. Ele olha para seu anel, que está ali jogado no sofá. Ele se vira para o Senhor Destino. 

"O que vamos enfrentar?", ele faz mais uma pergunta. "Uma invasão. Tudo o que você precisa saber". 

Calvin City, laboratório de Charles McNyderEditar

Charles McNyder, o Doutor Meia-Noite, observa o parademônio que capturou na noite passada, considerando-o cadastrá-lo como um alienígena. Rex Tyler, o Homem da Hora, aparece ali. 

"Aí, o que você acha que é esse bicho?", pergunta ele. "Um tipo de... Alienígena. Não há como ser humano. Nunca enfrentamos esse tipo de coisa, um humano não sobreviveria a radioatividade que esse monstro provavelmente sofreu. Olhe como está o rosto dele", responde Charles. 

"Prefiro não olhar, acabei de almoçar, obrigado", disse Rex. "É, esses bichos são feios que dói", diz um garoto que aparece ali, trajado com uma jaqueta vermelha e uma camiseta preta por baixo, e uma calça jeans azul. Rex pega uma arma de sua cintura. 

"Quem diabos é você?!", ele pergunta, gritando. "Sou Jay Garrick, um herói. O de Keystone City. O Flash" , ele responde. Rex ainda não o reconhece. 

"Qual é, o Cometa Carmesim?", ele diz. Mas Rex dá de ombros, desistindo. Jay diz que é um deles, e que um monstro desses lhe atacou enquanto ele almoçava com sua namorada, e consumiu o garçom, transformando-o em um deles. 

"Então ele é um tipo de vírus", diz Charles. "O que podemos fazer pra descobrir de onde ele vem?", diz Jay. "Que tal soltarmos e o seguirmos? Ele pode ser parte de um exército. Pode nos levar para onde eles estão", diz Rex. 

"E então acabamos com essa merda. É, eu gostei dessa ideia", responde Jay. 

Casa BrancaEditar

"Espera aí, ces tão me dizendo que esse tal de Lobo da Estepe pode destruir o mundo se conseguir essa coisa do destino aí?", pergunta o Lanterna Verde, em uma sala, junto de Gavião Negro e Senhor Destino. "É, basicamente isso", responde o Gavião Negro.

Alan pergunta a eles como eles podem descobrir onde está esse tal de Lobo da Estepe. Senhor Destino explica a ele que o Lobo da Estepe tem um exército chamado de parademônios, que são atraídos pelo medo das pessoas. Ele diz que podem usar o medo para atrair um deles e descobrir onde o Lobo está escondido. 

O Gavião pergunta como eles podem derrotá-lo, e o herói de máscara dourada abaixa sua cabeça. Ele diz que não tem certeza, pois o Lobo da Estepe é um Deus, mas se eles conseguirem a Lança do Destino, eles talvez poderão matá-lo. 

"Então, como poderíamos conseguir esse tal de parademônio?", pergunta o Gavião Negro. 

"Nasceu na segunda, foi batizado numa terça", diz Alan, sorrindo. 

Noite, 4 de Janeiro de 2017Editar

Ônibus para Iron HeightsEditar

Em um ônibus de prisão, está Cyrus Gold, algemado, como todos os outros. Ao seu lado, está Isaac Bowin, que pergunta a ele o porquê de ser conhecido como Solomon Grundy. Ele responde dizendo que foi uma brincadeira de seu pai, que fez ele nascer em uma segunda e ser batizado em uma terça.

Ele diz que depois, o destino fez ele se casar em uma numa quarta. Bowin pergunta mais uma vez, ainda não entendendo. Cyrus diz a ele que é em relação a cantiga de ninar, conhecida como Solomon Grundy. 

"Nasceu numa segunda, batizou-se numa terça, casou-se numa quarta, adoeceu numa quinta, piorou numa sexta, morreu num sábado e foi enterrado num domingo. Este foi o fim de Solomon Grundy", o passageiro atrás deles, Clifford DeVoe, conta.

De brincadeira, Isaac diz a Cyrus que era um sábado. Os três começam a dar risadas. Um estrondo os assusta, e um homem entra pela porta do ônibus. É o Senhor Destino. "Cyrus Gold, você vem comigo", ele diz. 

Gotham CityEditar

Senhor Destino e Cyrus Gold aparecem em cima de um prédio, e o criminoso o solta, amedrontado. "Onde nós estamos, quem é você?!", ele grita. Atrás dele, aparece Alan Scott, trajado de Lanterna Verde. "Olha só, Lanterna, você me venceu, já acabou". Alan sorri. 

O Gavião Negro aparece voando, e pega Cyrus e o leva por cima dos prédios, e o criminoso começa a gritar em alto som, acordando as pessoas que por ali viviam. O Gavião Negro escuta um zumbido, e ao se virar, nota um Parademônio o seguindo. Ele desvia do parademônio e pousa em um prédio, deixando Cyrus Gold de lado. 

O Gavião começa a voar,  pega sua clava e atinge o Parademônio no rosto, jogando-o no chão. Ele pousa e ameaça o rosto do parademônio com uma clava. "Onde tá o Lobo da Estepe?!", ele grita. O parademônio nada diz, e só fica criando grunhidos. 

Ao escutar gritos, o Gavião redireciona sua visão para o prédio acima, onde estava Cyrus Gold, agora sendo atacado por um parademônio. "Mas que caralhos?!", grita ele. O parademônio mira seu braço-arma no peito de Gold, e atira. O criminoso começa a degenerar, e cai no chão, gritando de dor. 

O Gavião sai voando e atinge o parademônio do prédio, matando com sua clava. Ele se vira para Gold, que agora tem uma aparência cinzenta e sua camisa rasgada. "Solomon Grundy", ele diz. O parademônio que estaria no chão aparece voando, mirando sua arma no herói. 

Lanterna Verde aparece prendendo o parademônio no chão, e ele começa a falar uma língua diferente. O anel de Alan traduz. "Humanos... Acham que podem impedir o poder de Darkseid!", o parademônio diria.

Senhor Destino confronta Cyrus, que começa a falar a cantiga de Solomon Grundy repetidas vezes. O mago utiliza um feitiço para prender "Solomon" em uma esfera, e utiliza um segundo feitiço para fazê-lo desaparecer. 

Alan começa a esmagar o parademônio mais forte, mas isso não faz ele falar. Senhor Destino se aproxima a ele, e usa um feitiço para ver o que há dentro de seu capacete, o que amedronta o parademônio, deixando Alan curioso. 

"O Lobo está em Auschwitz, no lugar chamado Polônia! Agora me tirem de perto desse... Não-humano!", grita o parademônio, que na verdade dizia uma língua estranha, traduzida pelo anel de Alan. Alan desmaia o parademônio, e se vira para o Senhor Destino e Gavião Negro. 

"Alguém sabe o caminho pra Auschwitz?", ele diz.

Auschwitz, PolôniaEditar

Nas ruínas do antigo campo de concentração que se localizava ali na cidade, o Lobo da Estepe procura pela Lança do Destino, junto a seu exército de parademônios. 

Escondidos, estão o Flash, o Doutor Meia-Noite e o Homem da Hora. "Como vocês acham que a gente pode derrotar ele?", pergunta Jay. "Ele parece estar procurando algo, precisamos pelo menos distraí-lo", responde Meia-Noite. "Mas e os batedores?", lembra Rex. 

No outro lado do campo, aparecem Senhor Destino, Gavião Negro e o Lanterna Verde, com teleporte. "Então, é agora ou nunca", diz o Lanterna Verde. 

O Gavião Negro parte para o ataque, confrontando os parademônios ao redor do Lobo da Estepe. O exército o cerca, mas ele consegue jogá-los longe atacando-os com sua clava. 

Vendo aquilo, Flash o reconhece. "É o Gavião Negro! Ei, olhem mais pra lá, é o Lanterna Verde! E o Senhor Destino!", ele diz. "Eles estão do nosso lado, era isso que precisávamos. Tá na hora de atacar.", diz Doutor Meia-Noite. 

Os três partem para o ataque juntos. Flash consegue atingir os parademônios e os confundi-los com sua velocidade. Doutor Meia-Noite consegue salvar os civis perto ali, impedindo o ataque de parademônios contra eles. 

Homem da Hora utiliza sua super-força, esmagando o que ele pode de batedores. O Lanterna Verde reconhece os heróis. Ele grita para o Gavião que eles não estão sozinhos na luta. Gavião salva o Flash de um parademônio, esmagando o vilão com sua clava. O Lobo da Estepe percebe e se vira a eles. 

Senhor Destino avança, sendo protegido pelo Lanterna Verde, que ataca os parademônios com seu poder. O herói de máscara dourada confronta o Lobo da Estepe, e uma batalha começa. Destino utiliza as suas magias mais poderosas de rajada contra o vilão, mas não consegue prejudicá-lo, e é atacado por ele, sendo jogado longe. 

Lanterna Verde o confronta. "Eu já matei Lanternas antes", diz o vilão. Alan, hesitante, prossegue em confrontar ele usando seu anel, como uma força pesada, mas acaba por ser jogado longe, assim como seu companheiro. 

O Flash, de surpresa, atinge o Lobo da Estepe, que é jogado longe. Sentindo algo, Destino descobre a Lança do Destino. "Alan, eu achei! A lança! Ela está no centro do campo!", grita o Destino. Infelizmente, o Lobo também escuta. O Lobo se levanta e esmaga o Flash com seus pés, passando por cima dele. 

Ele vai até o centro do campo, onde encontra Alan, e o pega pelo pescoço. Ele começa a forçar a cabeça de Alan, tentando esmagar, e o herói faz o seu maior esforço para impedir. 

Meia-Noite aparece atrás do Lobo, utilizando a Lança, atravessando-a no seu peito. "Era isso que você queria?", ele diz. O Lobo começa a balbuciar, andando lentamente para trás. Ele consegue alcançar Charles, e em um último momento, ele quebra seu pescoço, mas morre junto. 

Um grito é dado, que acaba com toda a batalha. Era o grito de Rex. Seu mentor, seu amigo, estava morto. Rex se aproxima do corpo dele. Ele dá adeus ao seu antigo amigo, fechando seus olhos, mas acaba por desmaiar. 

Dia, 6 de Janeiro de 2017Editar

Enterro. Preto. O mundo deu adeus a um herói que se sacrificou para matar um Deus. Um sacrifício obrigatório. 

Na Casa Branca, os heróis se reúnem. Estão ali o Flash, o Lanterna Verde, o Gavião Negro e o Senhor Destino. 

"Então, ele negou esse encontro?", pergunta o presidente. "É, Rex não quer... Perder mais ninguém, pelo que ele disse", responde Jay. 

"Então, vamos começar a reunião". 

Diário de Rex TylerEditar

E o resto é história. Naquele dia, a tal Sociedade da Justiça foi fundada. Naquela nova semana, um herói pereceu. Outro, havia desaparecido. Mas nas semanas que vieram, mais deles surgiram. 

Wesley Dodds, o Sandman. Johnny Trovoada. 

Com tudo isso, eu decidi voltar a ativa. Não deixaria meu mundo morrer, do mesmo jeito que o Charles morreu. Era um mundo diferente. Um mundo novo. 

CuriosidadesEditar

  • O episódio se baseia nas histórias em quadrinhos chamadas "Terra-2" e no filme Liga da Justiça.
  • Teria uma cena em que Jay explicava que descobriu a identidade e o esconderijo do Doutor Meia-Noite e do Homem da Hora por juntar as peças e ser um fã deles, mas foi excluída. 
  • No roteiro original do capítulo, o Átomo (Al Pratt) estaria no lugar do Meia-Noite, mas o autor mudou porque achou que a descoberta de que os batedores são alienígenas não faria sentido, já que Al Pratt é um lutador, e não um cientista. 
  • Teria uma cena mostrando o que aconteceu com Solomon Grundy, mas o autor não teve ideia para onde enviá-lo. 
  • Uma cena mostrando Flash levando Doutor Meia-Noite e Homem da Hora para Auschwitz seria mostrada, mas foi excluída para não prolongar o episódio ainda mais. 
  • Uma cena mostrando os parademônios fugindo no final foi feita, mas não apareceu no episódio final porque o autor não queria prolongar. 
  • Uma cena mostrando um novo uniforme de Jay Garrick baseado nos Novos 52 também não apareceu no episódio final pelo mesmo motivo. 
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.