FANDOM


Aversão
Questão1
Informações Gerais
Série O Questão: O Diabo nos Detalhes
Temporada 1
Arco Corruptela
Número do Episódio 1
Sequência
Episódio Anterior N/A
Episódio Seguinte Duas Faces
Créditos
Escrito por NerdHero08
Aversão é o primeiro episódio da primeira temporada de O Questão: O Diabo nos Detalhes.

Sinopse Editar

Charles Szasz investiga atividades ilegais de um agente imobiliário cujo nome de Barby Twain.

Enredo Editar

Domingo, 12 de Novembro, 2017 Editar

Eram nove e meia da noite quando eu, Charles Szasz, ou Vic Sage, decidi sair de casa e fui andando até o outro lado do bairro Narrows. Estava vestido com um sobretudo bege, que cobria um casaco preto, uma gravata de mesma cor e uma camiseta básica branca. Usava uma calça de malha azul, além de um tênis velho e desbotado, aparentemente falsificado, e não podia esquecer de meu clássico chapéu. Estava indo até a imobiliária, me encontrar com uma pessoa. Estou fazendo uma investigação por conta própria, atividades ilegais. Um mafioso que atende por o nome de “Mandrágora” está construindo um império. Eu tento impossibilitar, mas ele tem mais de um milhão de dólares e centenas de capangas a sua disposição, e eu tenho apenas a mim, meu método de combate e de fazer pessoas me darem informações é modestamente eficiente, mas estou sozinho nesta luta, nem a polícia pode me ajudar, todos sujos e corruptos. Gostaria de ser coronel, para dar uma boa limpa naquele departamento. Teria praticamente noventa por cento do departamento demitido. Continuando, sem desviar do assunto, um mafioso que atende pelo nome de mandrágora está organizando um império, e cabe a mim evitar algo, então pensei que poderia investigar um de seus funcionários, Barby Twain. É um corretor de imóveis, mas é formado em vários ramos da ciência, o que é totalmente estranho ter um emprego como agente imobiliário. Pelas minhas investigações, creio que seja uma espécie de cientista particular. Cheguei então na entrada da imobiliária, e me escondi em um beco não tão longe, com uma imagem ampla da entrada do local. Aguardei vinte minutos, quando um homem de meia-idade, com cabelos pretos e uma barba recém-raspada, usando um terno acinzentado falsificado, botas com diferentes tons de marrom e um cabelo úmido e engomado. Segui-o, esperei atravessar o outro lado da esquina, quando aproximei-me e olhei para os lados e percebi que ninguém via-nos, a rua estava deserta. Peguei-o pelos ombros e joguei-o no chão. Abaixei-me e segurei as golas de sua camisa, fazendo com que olhasse em minha direção. Apertei os dedos de minha mão e soquei sua cabeça duas vezes. Então perguntei furiosamente:

– Quero que me fale tudo sobre Mandrágora e qual seu trabalho atual nas mãos do criminoso.

– Quem é mandrágora? – Perguntou o homem que se fazia de santo.

Soquei seu rosto mais três vezes.

– Ele não está aqui agora e não vai escutar nada. Mas eu estou, e o que ele fizer eu faço pior.

– Você não pode abrir a boca para ninguém – Disse Twain. – Promete?

– Deixa de frescura, fala logo seu cachorro.

Soquei sua barriga e chutei o abdômen direito.

– Seu nome é Stefano, um mafioso. Ele me contratou para ser seu cientista particular, e paga bem. Essa grana também inclui manter a boca calada... Atualmente mostrei um projeto no qual eu tinha desenvolvido com um amigo anos atrás, no qual ficou bem satisfeito. Se trata de uma substância, uma máscara, que cobre seu rosto por inteiro, assim camuflando seu olho e sua boca à sua pele. Vai ser bem útil em roubos. Mas ele não vai usar, e sim traficar. Detalhe, esta substância pode ser fatal quando em contato com ferimentos abertos, fato no qual ignorei.

Levantei-o pelo pescoço e perguntei.

– Quero o nome da substância e o amigo com quem você desenvolveu o projeto. Agora! – Exclamei.

– Pseudoderme é o nome da substância. Meu amigo se chama Aristotle, Aristotle Rodor.

Então fiquei boquiaberto e soltei o homem, coloquei as mãos em meus bolsos em quanto arregalava meus castanhos olhos. E saí andando de lá, enquanto ouvia barulhentos passos de Twain fugindo, mas ignorei-o e continuei a seguir em frente.

Personagens Editar