FANDOM


O Tecnospadachim
Edward(Passado)
Informações Gerais
Série Mutagenics
Temporada
Arco Anoitecer/Inicial
Número do Episódio 1
Sequência
Episódio Anterior TBA
Episódio Seguinte Redenção
Créditos
Escrito por Usuário:Cai0Lopz

Usuário:HanssenF(Direção e análise) Usuário:KillerYuri345(Adição de detalhes)

O Tecnospadachim é o primeiro capítulo da primeira temporada da série Mutagenics.

Sinopse Editar

Após um monstro atacar a cidade, Edward, Jane e Erick partem para destruir o monstro que ataca a cidade.

Enredo Editar

Mais um dia na cidade de Nova Iorque, com seus grandes prédios e muitas pessoas por lá, uma verdadeira multidão, porém, neste universo, muitas coisas estranhas acontecem, como o espalhamento do vírus mutante Chronus IV, que dava poderes as crianças nascidas desde 1992 até 2008, que foi o ano da erradicação da passagem do vírus em humanos. Entretanto, o vírus caiu em mãos erradas, e agora várias pessoas interessadas em causar o caos tem acesso ao vírus, porém, um grupo de pessoas, a Organização VOR, Vogelmann Organization, ou organização Vogelmann, com seus agentes especiais com poderes mutantes, tenta impedi-los.

Na cidade...

Um monstro semelhante a uma minhoca gigante, plaina pelos céus da cidade de Nova Iorque, destruindo prédios e casas que estavam lá, um verdadeiro caos, as pessoas se desesperavam, o medo subia aos olhares, e enquanto isso as pessoas que ali estão são evacuadas por homens com roupas brancas à prova de balas o mais depressa possível, enquanto alguns homens com roupas pretas atiram com pistolas de energia na minhoca gigante em disparos precisos.

— Hawkeye, chamamos as forças especiais? — Pergunta um homem loiro com olhos azuis, enquanto atira no monstro.

— Eu prefiro me virar sem a ajuda deles, mas, esse monstro está além do que eu possa fazer com meu equipamento... — Respondeu uma mulher também loira com olhos âmbar e cabelo amarrado, com uma espécie de coque.

— Chamando Agentes especiais, emergência! — Diz o homem segurando um pequeno comunicador.

De repente, um jato branco aparece, e de lá saem duas pessoas, um deles um garoto de olhos azuis e cabelos negros, trajando uma flanela azul e um moletom preto com detalhes em branco, uma calça preta com detalhes em branco e uma bota marrom. A outra, uma garota loira, trajando uma blusa em um tom de vinho com uma capa em um tom de bordô, uma saia da mesma cor da capa com detalhes em dourado e uma bota também da mesma cor da capa com detalhes dourados.

— Vamos botar pra quebrar! — Diz o garoto pegando uma espada em suas costas e fazendo seus olhos brilharem em azul, desta forma, sua espada adquire a cor preta com detalhes em azul brilhante, em seguida, o garoto tenta cortar o monstro pelas suas laterais, porém, o mesmo se regenera após o corte.

— Ed, já disse pra esperar antes de atacar os monstros! Talvez ainda tenha um humano aí! — Diz a garota ficando com a íris de seus olhos rosas e analisando o monstro.

— E então? — Pergunta o garoto.

— Não tem nada dentro, é uma mistura de vários insetos com o vírus mutante. Vamos dar uma surra nele! — Diz a garota flutuando até o monstro e dando um soco no mesmo, o fazendo se desintegrar e reintegrar, atirando seu raio de energia em Jane, que desvia, e vê seu irmão tentando o cortar novamente com sua espada, porém, o monstro desvia e lança um raio de energia contra Edward.

— Não adianta, esse bicho se regenera o tempo todo! — Gritou a mulher loira, Rize Hawkeye.

— Então, que tal isso? — Diz Edward, o garoto, fazendo seus olhos brilharem, colocando as mãos no monstro e o fazendo explodir. Porém, este ato fez com que três outros monstros aparecessem, como se a minhoca se multiplicasse.

Enquanto isso, no avião...

— Eu vou agora... — Diz um homem loiro com olhos dourados, vestindo uma blusa preta com uma calça preta e botas vermelhas junto a uma capa vermelha com a cruz de Flamel desenhada na parte de trás de sua capa, pulando do avião em cima dos monstros, e criando uma espécie de braço saindo do solo, que agarra os três monstros, e os coloca dentro de uma redoma de terra.

— Como vai mata-los, Erick? — Pergunta Edward.

— Vão morrer prensados. Se não morrerem assim, levamos para o Prof. Richards, e ele dá um jeito lá.

— Ótimo. Agora, Ed, vamos leva-lo embora. — Diz Jane, a garota, criando uma espécie de redoma transparente, porém, um tanto visível, e fazendo a esfera de terra flutuar.

Algumas horas depois...

Edward, Jane e Erick já estavam em casa, ou melhor, em uma espécie de apartamento reservado para eles na base da VOR, onde se acomodavam. Os dois soldados, Rize e Jean, foram liberados, e já podiam ir para casa, com alívio.

No local onde Edward, Jane e Erick estavam...

Os três estavam na sala, sentados no sofá que lá estava, muito confortável, assistindo TV, até que, repentinamente, o celular de Erick toca, então ele pega ele que estava em cima da mesa e atende...

— Alô? Ok. Ed, Jane, preciso ir, se cuidem. — Diz Erick, saindo de casa.

— De novo ele com esses mistérios... — Diz Jane.

— O que acha de nós seguirmos ele e descobrir o que ele está fazendo? — Pergunta Edward, com cara de maléfico.

— Que falta de maturidade... Vamo! — Responde Jane, animada.

Cerca de Meia-Hora depois, no local para onde Erick foi...

Este local era um clube da alta sociedade, que pode ser acessada pelos mutantes através de um cartão dos Agentes Especiais VOR, que cobre os gastos feitos pelos agentes, onde poucos sabiam a localização.

— Tudo bem, eu posso te pagar os 5 mil Dólares pelas informações... — Diz Erick, com o capuz de seu casaco na cabeça.

— Certo, daqui a uma semana eu quero meu pagamento, irei passar as informações para o seu E-Mail agora, mas quero o pagamento na data, ou vai se ver com meu pessoal. — Diz um homem, vestindo um terno preto, indo embora.

— Certo. Foi ótimo negociar com você. — Responde Erick.

— Então, o Erick está negociando informações? Mas, do quê? — Sussurra Jane.

— Ao que parece. Vou usar meu olho pra tentar descobrir... — Responde de volta Edward.

— NÃO! Vai chamar atenção! — Diz Jane, deixando escapar um grito.

— Ed, Jane? Vocês me seguiram? — Diz Erick, em tom de raiva — Vamos para casa. Quando chegarmos lá, teremos uma conversa.

— Desculpa! — Disseram os irmãos, ao mesmo tempo, seguindo Erick de cabeça baixa.

Enquanto isso, na cidade de Chicago...

Pessoas corriam desesperadas, morrendo de medo do ataque, pois, um homem de pele morena e uniforme da VOR desgastado, lutava contra um homem de armadura branca no meio da cidade.

— John, você até pode ser forte, mas, não pode lutar contra o frio! — Diz o homem de pele morena, chegando perto de um hidrante, controlando a água dentro do mesmo, a fazendo entrar dentro da armadura do homem, e lá, a congelando a água.

— Ou, não. — Diz o homem fazendo o gelo que estava em sua armadura evaporar em poucos segundos.

Logo após sacando uma espada e chegando perto do outro homem, que pegou o que sobrou da água do hidrante para ampliar a pressão da água e tentar cortar o homem com precisão, que facilmente desvia e pega sua espada para tentar cortar o homem, que faz todas as partículas de água virarem vapor, e, sumindo do local inesperadamente.

— Ainda te pego, G. — Diz o Cavaleiro Branco com um olhar de indignação.

Continua...

personagens Editar

Principais Editar

Secundários Editar

Antagonistas Editar

curiosidades Editar

  • A maioria dos detalhes de ambientação do capítulo foram feitas pelo Usuário:KillerYuri345.
  • Este é o primeiro episódio da primeira temporada da série.
  • Neste episódio, o personagem Bill Barnes faz sua primeira aparição.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.