FANDOM


Um Herói do Alvorecer
SPD-Ep01
Informações Gerais
Série Homem-Aranha: Alvorecer
Arco Poder e Responsabilidade
Número do Episódio 01
Sequência
Episódio Anterior N/A
Episódio Seguinte Sinal Biológico
Créditos
Escrito por KillerYuri345
Um Herói do Alvorecer é o primeiro episódio de Homem-Aranha: Alvorecer.

SinopseEditar

Tudo começa em uma excursão escolar, quando o jovem Peter Parker leva uma picada de uma aranha radioativa e adquiri seus poderes, lutando então contra o crime como Homem-Aranha.

EnredoEditar

No bairro de Forest Hills, um jovem de 15 anos, Peter Parker, convivia com sua tia May e seu tio Ben. Lá estava ele em seu quarto, deitado em sua cama, quando sua tia grita "Peter, acorde! O café está na mesa! Não quer se atrasar no primeiro dia, né?" Peter estava atrasado para seu primeiro dia, ainda deitado na cama, já eram 10 horas da manhã. Ele então abre seus olhos devagar, põe a mão em seu despertador, e vê que esqueceu de colocar o alarme, também vendo o horário. Assim que fez isso, levantou da cama acelerado e começou a se arrumar. Assim que pronto, saí correndo para pegar seu ônibus escolar, se despedindo de sua tia, que lavava a louça, e seu tio, que lia o jornal.

Assim que o ônibus chega, Peter entra e se despede novamente dos tios. Peter procurava um banco para sentar, até que encontra um vazio ao lado de Gwen Stacy, uma garota nova na escola bonita e gentil, quando ele pergunta "Posso sentar aí?" e então Gwen responde "Claro!", mas no momento em que Peter sentaria, Flash Thompson, rapaz valentão do colégio que implicava com ele, lança sua mala no assento que fora oferecido à Peter, falando "Mané, não vê que minha mala tá ocupando esse lugar?" Então Gwen fala pra Flash tirar a mala dali, mas o rapaz ignora a garota, então Peter disse que aquilo era falta de educação dele, pegando a mala e jogando-a em sua direção, Flash fala "Você vai ver, desgraçado! Ainda hoje eu te pego!", Peter ignora e agradece a Gwen, sentando. "Nem ligue pra ele.", diz sorrindo Gwen e então Peter diz "Nem me importo com ele." E então os dois vão conversando no caminho sobre assuntos variados até que o motorista buzina e eles saem do ônibus.

Peter e Gwen vão conversando até os corredores, até que a garota olha o relógio e fala que tem que ir pra sala, Peter diz "Okay. Até mais!" Ele então põe a senha em seu armário e separa os materiais para as aulas do dia, Harry Osborn, melhor amigo de Peter, chega de seu pai, Norman Osborn, o chefe industrial e amoral da Oscorp, um homem sério e misterioso. Harry já chega cumprimentando o amigo "Olá, Peter!" e ele responde "Oi, Harry! Olá Sr. Orborn.", apertando a mão de Norman, então o pai de Harry se despede dos garotos e eles vão conversando sobre a volta às aulas, até que Harry olha seu relógio, e com olhar de desespero, vendo o corredor vazio, diz "Peter, estamos atrasados.", nisso os dois se encaram e correm para sala de aula, abrindo a porta e pedindo para entrar. O professor libera e diz "Por questão de minutos, não perdem a excursão. Já que todos estão presentes, formem uma fila!", os alunos seguem as ordens do professor e formam uma fila, então eles vão até o ônibus e entram, Harry e Peter desta vez sentam juntos. Hoje teria uma excursão escolar sobre manuseio seguro de lixo nuclear.

Ao chegarem lá, um inspetor do passeio disse que seria o responsável deles, após passaram por um processo de pulverização de qualquer bactéria que poderia afetar eles em contato com o lixo nuclear. Após o inspetor começa a falar "O lixo nuclear precisa passar por um tratamento adequado, em seguida ser embalado e, por fim, ficar armazenado em locais específicos por um período. Alguém sabe por quê?" Então Peter levanta a mão, e o inspetor pede para ele falar, então o garoto responde "Porque a radiação trás sérios riscos, e ocorre isso até que a radiação não apresente mais ameaças.", então o inspetor parabeniza Peter pelo alto conhecimento, ele agradece, mas quando olha pro lado, vê Flash ameaçando-o com sinais, ele finge que não viu, até que pergunta ao professor se pode ir ao banheiro, ele confirma e o rapaz vai ao local, Flash pergunta se também pode ir, o professor diz que sim e vai lá.

Peter lavava suas mãos e seu rosto, até que Flash entra pela porta, falando ironicamente "Você achou que estava brincando? Pois agora vamos brincar..." Peter tenta sair do sanitário, mas Flash impede e dá um soco na barriga de Peter, em seguida Peter cai no chão e o valentão pisa em seu pé com força, "Pare... por fav..." era o que dizia Peter, dolorido, mas interrompido pelos chutes que Flash dava em seu rosto, até que Harry entra no banheiro para ver a situação e quando observa o que acontecia, gritava urgentemente pelo professor, o mesmo se desespera e vai ao banheiro, junto dos outros alunos, quando manda Flash parar, mas ele continua, então, com ira despertada, o professor grita novamente, Flash para e sai do banheiro sem dizer nada, enquanto os outros buscavam ajudar Peter. Algum tempo após, mesmo após ter sofrido gravemente e sangrado, Peter estava melhor e disse "Podemos continuar a excursão... estou melhor. Obrigado." e o professor diz que de modo algum eles poderiam continuar, só deveriam comer para reconstituir as forças e depois irem. Então vão ao refeitório do local.

Peter, junto de Harry, comiam uma maçã e uma fatia de bolo caseiro respectivamente. Até que Harry inicia uma conversa "Peter, por quê não saiu dali assim que viu Flash?" e o amigo responde "Eu até tentei sair, mas ele me impediu e me levou ao chão." Harry, surpreso, pergunta "Esse não foi o primeiro dia de aula que imaginava, né?", Peter nem disse palavras, apenas movimenta a cabeça para um lado e para o outro horizontalmente, querendo dizer que não. Até que caí uma aranha do teto e pousa na parte traseira do pescoço de Peter, mordendo o rapaz, a dor da picada não foi como a da picada de uma aranha qualquer, ele estava segurando suas lágrimas de tanta dor, quando vai matar a aranha, a joga no chão para pisar, e vê que ela morreu sozinha, Harry diz que poderia ter sido a radiação, Peter concorda e continua a comer sua maçã, mas a outra mão estava em seu pescoço, tentando aliviar a dor.

No final, eles voltam ao colégio e o professor diz "Bom, pessoal. As coisas não deram muito certo hoje na excursão, então vamos ter aula normal..." Mas nesse instante o sinal toca e todos vão ao intervalo. Gwen se aproxima de Peter e pergunta se é verdade que Flash havia lhe espancado no banheiro, durante a excursão, ele diz que sim e ele está na diretoria agora. Um tempo após, Flash sai da diretoria andando em direção a Peter, com um olhar furioso, gritando para ele "Parker, graças à você estou na detenção! Você vai morrer!" e ele sai correndo na direção de Peter para socá-lo com seu punho, mas no momento do ataque, Peter sente algo lhe alertando, assim pôde desviar do soco, em seguida empurrando-o, mas essa ação fez Flash cair no chão para longe dele, a diretora sai da sua sala e vê que Peter havia lançado Flash contra os armários, virando seu olhar para ele e falando "Peter Benjamin Parker, você está na detenção!"

Horas depois, ao acabar a detenção, tio Ben foi buscar Peter no colégio, já no período de noite. Peter, de cabeça baixa, abre a porta do carro e entra, sem falar nada, quando seu tio lhe pergunta "Por que fez isso, Peter? e ele responde "Ele iria me socar, então desviei e o empurrei para ter mais segurança." Com isso, tio Ben, no sinal vermelho do trânsito, abaixa a cabeça, fecha os olhos e abre-os levantando a cabeça, falando ao sobrinho "Peter, entenda isso. Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades.", isso confunde o rapaz e pergunta o que significava, tio Ben fala novamente "Você pode não entender hoje, mas entenderá mais pra frente."

Ao chegarem em casa, Peter vai para seu quarto e se tranca, ele dá um soco na parede e cai um pedaço da parede, ele se surpreende. Então ele observa a palma da sua mão e nota algo estranho, como se fossem diversas farpas nela, mas não doía, ele põe sua mão na parede cuidadosamente, com a palma aberta, nada acontece, mas ao tentar tirá-la, ele percebe que sua mão se aderiu à parede, ele também se lembra do desvio na briga com Flash, foi inacreditável, assim como seu sistema nervoso lhe alertou, associando então seus poderes com a picada da aranha, que como Harry disse, a radiação poderia ter contaminado ela, e ao picá-lo, ter lhe dado poderes. Ele então liga a TV e vê que está ocorrendo um evento de luta livre com direito à prêmio para o vencedor em dinheiro, próximo de sua casa, então ele decide pelo menos usar uma mascara, para não ser humilhado se perder, confeccionando o objeto.

Peter chega no local, com a mascara no rosto, e pede para se inscrever, quando o responsável pelas inscrições pergunta "Tem certeza que quer participar disso,magrelo? Você vai apanhar feio lá dentro." e Peter responde que sim, ele pergunta qual seria o nome de lutador do garoto e ele responde "Aranha Humana", então o homem dá uma risada debochando da cara dele, e diz "Okay, Aranha Humana. Vai lá.", dando outra risada. Peter então entra e só vê pessoas fortes e musculosas, então um dos maiores e mais fortes se aproxima e diz "Fracote.", esbarrando em seu ombro e saindo de lá.

Um tempo após, quando algumas lutas já acabaram, o juiz grita "Próxima luta, Esmaga-Crânio e... Homem-Aranha!", então Peter se aproxima dele e diz "Não é esse o nome, é Aranha Humana", mas nisso o juiz responde "Não se envergonhe mais, garoto. Suba logo no ring." Peter obedece e fica em sua posição, quando o juiz começa a luta, Esmaga-Crânio sai correndo na direção de Peter, que desvia de todos seus golpes com facilidade, o levantando e jogando fora da arena, uma luta fácil. Todos se surpreendem com o que Homem-Aranha fez, ele então sai do ring vitorioso. Outras lutas acontecem, e o Homem-Aranha ganha todas que participa, até a final, ganhando o prêmio em dinheiro.

Ele então se retira do local, indo em direção à sua casa, já sem sua mascara. No caminho, um ladrão sai correndo em fuga com joias roubadas, o policial corria atrás dele. Mas então, Peter mesmo vendo o criminoso, o deixa passar, isso fez o policial parar de correr para descansar e perguntar "Por que não o parou?" e o rapaz responde "Não era meu dever."Ele então segue seu caminho, quando vê um grupo de pessoas reunido em um local olhando para o chão, falando "Ele está morto.", Peter se aproxima e quando vê quem morreu, era seu querido tio Ben. Peter pedia para abrir caminho, pois era seu tio, eles falam que já era tarde demais, Peter soca o chão e gritando "Por que isso aconteceu? Por que!" com lágrimas saindo de seu rosto, ele olhava diretamente para o tio, com suas lágrimas caindo em seu rosto, junto com uma chuva de relâmpagos que os molhava.

Todos decidiram deixá-lo em paz com seu tio, se retirando. A chuva começava a ficar mais forte, isso fazia com que o sangue que escorria, se espalhasse pelo corpo, ele então vê alguém de capuz com uma pistola no bolso fugindo em uma obra em construção, Peter se enfurece e saí correndo atrás dele, até que alcança o criminoso e manda ele parar, gritando "Parado! Vire-se e mostre-se!" Ele põe suas mãos para o alto e se vira, quanto um momento de desespero, surpresa e raiva maiores vem a Peter, ao ver que era o mesmo homem que deixara escapar, cochichando para si mesmo na noite de chuva "Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades... Agora entendo." e depois ele encara o ladrão com raiva e grita "Por que você fez isso?!?" com raiva, ele sai correndo na direção do homem, mas ele vai andando de costas para trás até tomar distância, mas em um passo em falso e ele caí do prédio em obras, morrendo no chão. Peter tentou segurar sua mão, mas ele escorrega. Peter fica mais furioso ainda e se retira do local.

Ele chega na porta de casa, enfia a chave na porta e chorando, tenta se acalmar fechando os olhos e respirando fundo, virando a chave e abrindo a porta, tia May diz que tio Ben tinha ido procurá-lo, perguntando onde estava ele, Peter começa a chorar falando que ele tinha morrido. Tia May diz "Pare de graças. Onde ele está?" e Peter retoma a falar nas lágrimas, com o som dos relâmpagos "Eu já disse, tia May. Ele morreu, um criminoso que fugia da policia atirou nele.", a tia se espanta, e começa a chorar, chega ao lado de Peter, o abraça e diz "Não chore, não foi sua culpa..." e o rapaz diz "Foi sim, o ladrão passou por mim e o deixei escapar.", os dois continuam abraçados chorando em lágrimas fortes, assim Peter diz que iria para seu quarto e sua tia diz que estava tudo bem.

Indo ao seu quarto, Peter relembra que tio Ben disse que com grandes poderes, vinham grandes responsabilidades, agora ele deixaria de tomar atitudes erradas e deixaria de ser um lutador de luta livre, agora ele ajudaria os outros e traria o bem pra cidade, ele pega então uma caderneta e começa a desenhar uma espécie de traje, e escreve ao seu lado Homem-Aranha, falando "A partir de agora, eu serei o Homem-Aranha". Peter fica horas e horas produzindo o traje até que chega em um resultado final, um traje vermelho, com detalhes azuis, e desenhos de teia da cor preta em volta do corpo, com uma aranha em suas costas e em seu peito. Ele então pensa "O que seria uma aranha sem sua teia?", começando a projetar um lançador de teias. Após grande parte da noite trabalhando no uniforme e nos lançadores, ele tem um resultado final, ficando satisfeito, dando um sorriso.

Na manhã seguinte, pelas ruas de Nova Iorque, o herói Homem-Aranha em seu traje, se balançava pelos prédios com suas teias, quando vê dois criminosos fugindo com um carro roubado, ele então segue seu percurso em sua direção, para capturá-los, ele então solta sua teia dando um salto mortal e caindo de pé, em frente do carro. O veículo avança para cima do herói, mas é interrompido, pois ele consegue aguentar a pressão e aguentar o automóvel, impedindo que se mova. Então eles saem do carro e apontam a arma para ele, um deles pergunta "Quem é você?", Homem-Aranha fica calado, lançando sua teia nas pistolas e tirando deles, após lança teia nos dois, prendendo-os no carro roubado, então ele decide responder "Somente um amigo da vizinhança." Quando os policiais chegam, Homem-Aranha não estava mais lá e eles se perguntam quem teria feito aquela tarefa de capturar os bandidos, então depois de pensarem, soltam os criminosos da teia e algemam eles, prendendo-os. Então, em um beco, se encontra Peter no traje, pendurado em sua teia, de ponta cabeça, vendo a situação, falando "Com grandes poderes, vem grandes responsabilidades...", dando um sorriso.

PersonagensEditar

PrincipaisEditar

VilõesEditar

  • Asssaltante de Jóias
  • Criminosos

CuriosidadesEditar

  • O episódio inicialmente era outro, mas foi re-feito pelo criador por ter bagunçado a linha do tempo e não ter especificado algumas coisas.
  • Este episódio teve grande parte baseada no filme Homem-Aranha.
  • Este é o episódio que dá inicio à série.
  • Ele tem como principal foco, contar a origem do Homem-Aranha.